quarta-feira, 30 de julho de 2014

COLUNA AR-15: Eleições - Análise de Conjunturas II


Analisei na semana passada aqui nessa coluna a conjuntura político-eleitoral atual no âmbito federal e estadual dos candidatos ao Executivo. Passarei a analisar agora a conjuntura paroquial e suas candidaturas ao legislativo estadual e federal. Na análise anterior, falei de cardeias, arcebispos e bispos. Agora vamos de padres e padrecos, vigários e vigaristas de nossa paróquia do Médio Mearim; os coroinhas e sacristões ficarão para a parte III da análise.

Começo pelo Deputado Federal Simplício Araújo, o cabeça do Solidariedade no Maranhão, que no mandato há menos de 02 anos tem se destacado nesse exercício de forma brilhante, reconhecido nacionalmente pela grande imprensa e expoentes políticos brasileiros. Destaca-se em suas proposições e pronunciamentos na Câmara Federal ao ponto de estar entre os 20 melhores deputados federais dos 513 existentes. E olha que tem gente que está lá há 30 anos que não conseguiu um centésimo do que o nosso Zé Alves conseguiu nesse pouco menos de dois anos. Só por isso já merece a reeleição. Mas tem algo mais que abrilhanta e agiganta o nosso “Boca de Bolacha”. É ter sido nos últimos tempos um dos proeminentes artífices da derrocada da oligarquia que oprime e maltrata o nosso povo há 50 anos. Simplício é político hábil, corajoso, empreendedor, polêmico, combativo, sagaz, inteligente e perspicaz. É homem forte do grupo de oposição hoje e deve ser um dos homens mais influentes num possível e próximo governo Dino. Análogamente, é hoje e será no governo futuro, o Ricardo Murad do atual grupo de oposição, pois Zé Alves é um trator de esteira e por ser assim algumas vezes ganha desafetos e cria situações incendiárias.

Outro candidato nativo é o meu compadre Edvan Matos. Graduado em Pedagogia e especializado em gestão ambiental foi o primeiro Secretário de Meio Ambiente de Lima Campos e permaneceu no cargo nos dois mandatos do ex-prefeito Xarim. Velho e combativo militante dos movimentos sociais, destaca-se ultimamente mais como o assessor partamentar mais atuante do deputado Raimundo Louro em Pedreiras. Muito popular e carismático, o “dono” do PMN há décadas na cidade, imagino, não almeja sucesso no pleito, mas sua candidatura faz parte do plano do papagaio e da oligarquia Sarney de minar os votos de Simplício em Pedreiras por menos que sejam os que Edvan puder tirar.

E o terceiro e último candidato autóctone à Câmara Federal é o Pastor Bel. Destacado ministro de evangelho cristão, muito prestigiado no meio pentecostal, o segundo suplente de senador do Ministros Edson Lobão não tem a confiança do grupo Sarney nem de Lobão ou Lobinho, pois mesmo quando Lobinho em 2011 se acidentou gravemente e teve que se afastar por semanas do Senado, não tirou licença formal do cargo para o reverendo assumir. Agora com a pré-candidatura e candidatura, da mesma forma Lobinho não se afasta, mesmo tendo que se dedicar integralmente à campanha de governador, e Bel não assume. Era fortemente cotado pelos acordos de bastidores, já que não sentiu o gostinho nem por um dia sequer de ser senador, para ser o candidato a vice de Lobinho e para tanto até recebeu apoio formal da Convenção de Pastores das Assembléias de Deus, mas na última hora foi de novo apunhalado e esnobado pelo grupo Sarney, que somente o usou por todo esse tempo.

Prestigiado junto a comunidade evangélica, especialmente as pentecostais, e com várias bases eleitorais, e com carisma, é possível sua candidatura surpreender e obter êxito

As pipiras vão aparecer como sempre. Zé Carlos do PT vai abocanhar um bocado de votos com o apoio de Neto da SP e segmentos do PT liderados por João da Eletrônica e Ricardo Gonçalves. O prefeito Totonho Chicote deve apoiar Cléber Verde que lhe deu apoio nesse tempo todo antes e durante o mandato, Lenoílson deve ir de Sarney Filho como sempre foi, Raimundo Louro talvez venha de Davi Alves Silva Filho, que é seu chefe partidário no estado, e por aí vai.

Eu acredito que temos 03 boas opções daqui mesmo de nossa cidade. E se pensarmos bem, mesmo que para alguns não pareçam tão boas, é melhor um daqui, o que nos confere mais representatividade e nos dá mais prestígio político no plano estadual e nacional, além da facilidade da cobrança, do que um lá de longe que só vem agora buscar os votos e sumirá até a próxima eleição.

Post Script-PS: Quase esquecia de outro candidato silvícola à câmara alta do país: Rogério do PT. O jovem militante das hostes petistas é cria da barretada e rebelou-se contra seus criadores, inclusive tomando-lhes a máquina partidária no último PED. Milita desde a adolescência nos movimentos sociais, já foi Secretário da Juventude no governo Lenoílson e é valente, combativo, bom articulador, inteligente, pragmático e capaz. Bom na oratória e afiado no ataque aos adversários. Mas sua candidatura cumpre apenas o projeto do PT para fazer quociente eleitoral, fazendo-o de degrau de nomes mais fortes, sem perspectivas de vitória para ele.


_
Allan Roberto Costa Silva, médico, ex-Vereador-Presidente da Câmara Municipal de Pedreiras, membro da Academia Pedreirense de Letras-APL e da Associação de Poetas e Escritores de Pedreiras-APOESP. E-mail: arcs.rob@hotmail.com

EDVAN MATOS É RECEBIDO NA TOCA DO LOBO

 Foto: Gilson Teixeira

Ao lado da cúpula do Partido da Mobilização Nacional(PMN) o Candidato a Deputado Federal Edvan Matos, foi recebido por Lobão Filho, Edvan fez questão de levar propostas para complementar o plano de governo DE Lobão Filho.

Para o presidente do PMN no estado, é importante esse contato com o candidato a governador: “ele sabe das necessidades da região e vai cobrar do nosso governador um plano especifico para o médio mearim” finalizou Eduardo Braide Presidente do PMN do Maranhão.

A reunião aconteceu no comitê da coligação “Pra Frente, Maranhão”, onde eles ratificaram apoio e alinharam ritmo de campanha.

O candidato a Deputado Federal Edvan Matos, destacou o engajamento dos municípios no pleito. “Ele (Lobão Filho) é um grande visionário, empresário de sucesso, com grandes conhecimentos e tem planos concretos para enriquecer o Maranhão. Pedreiras e o Médio Mearim está apoiando em massa Lobão Filho”, afirmou.

Já o presidente do PMN no estado Eduardo Braide, sublinhou: “Ele não faz política por fazer. Tem propostas concretas, com finalidades efetivas. Sem dúvidas, é a melhor opção para o nosso estado”.

domingo, 27 de julho de 2014

E AGORA, “SEU DOTÔ”, QUEM ASSASSINOU FERNANDO?

Dr. Cristóvão Sousa Barros

Por: Joaquim Filho

O júri presidido pelo juiz de direito Dr. Cristóvão Sousa Barros, da comarca de Pedreiras, que aconteceu nesse dia 22 de julho do corrente (terça-feira), no fórum Desembargador Araújo Neto, que tinha como finalidade dá conclusão à ação penal nº 2966/2007, acusação sustentada contra a senhora Namara Silva Sales e Claudio Nunes Nascimento, por dois membros do Ministério Público: Dr. Sandro Carvalho Lobato de Carvalho e Dra. Eveline Barros Malheiro abriu um novo questionamento nesse inquérito: já que o Ministério Público não constatou nenhuma prova que pudesse incriminar Namara Sales e Claudio Nunes, acusados de serem os mentores do crime, a pergunta é a seguinte: Então, quem assassinou Fernando?

No júri, a presença dos advogados de defesa: Dr. Luiz Braúna, Dr. Edivaldo Santos, Dr. Pedro Teixeira Cavalcante Neto e Dr. Neuzemar Gomes de Moraes. Os dois últimos citados são de Fortaleza e vieram exclusivamente para esse julgamento. Ainda pode ser constatada também a presença do Desembargador do Estado do Ceará, Dr. Francisco Sales Neto, que esteve no local durante toda a realização do júri.

Para que o leitor possa entender do que estamos falando, vamos fazer uma breve retrospectiva sobre o caso: segundo o que rege o processo citado acima, na madrugada do dia 12 de outubro de 2007, Francisco Silva Luna, conhecido na cidade de Pedreiras pela alcunha de Fernando, vendedor externo da empresa COMABEL e também autônomo, pois tinha os seus próprios negócios empresariais, fora assassinado com três disparos com arma de fogo em sua própria residência, localizada à Rua do Fio, nas proximidades do Conjunto Primavera, que segundo a esposa Namara Sales, o mesmo fora alvejado por dois elementos que invadiram a casa, a renderam, trancaram-na no quarto dos filhos e realizaram o crime e assalto a valores em dinheiro que existiam em no interior da residência.

Na ocasião, o crime chocou a cidade e foi bastante repercutido nos meios de comunicação colocando na oportunidade um grande desafio para a Polícia Civil: desvendar o mistério do assassinato de Fernando!

Dr. Edivaldo Santos
Tão logo ao ocorrido, a PC começou a trabalhar no caso e baseado em depoimentos de algumas testemunhas e investigações concluiu o inquérito policial e o encaminhou ao poder judiciário para as providências cabíveis. Segundo o Ministério Público o inquérito feito pela Polícia Civil apontava dois culpados pela morte de Fernando: a viúva, a senhora Namara Sales e uma outa pessoa por nome de Claudio Nunes. Com essa decisão foi pedido prisão preventiva para Namara Sales no ano de 2008, que ainda permaneceu por alguns dias presa na Delegacia de Pedreiras, mas logo fora posta em liberdade através de um “habeas corpus” solicitado pelo seu advogado da época.

O tempo foi passando, passando e, finalmente chegou o dia do julgamento da senhora Namara Sales, que como já falamos, aconteceu nesse dia 22 de julho do corrente, que para não cometermos nenhum pecado ou deslize, não citaremos nomes de pessoas arroladas ao processo, além das quais já nos referenciamos que foram as acusadas.

Resumindo: depois de um longo dia exaustivo de trabalhos do Ministério Público e do Judiciário, testemunhas, defesa dos advogados e a permanência dos parentes, amigos e curiosos que estiveram presentes, finalmente o MP conclui a sua missão e declara que no inquérito NÃO HAVIA NENHUMA PROVA CONCRETA QUE PUDESSE INCRIMINAR NAMARA SALES E CLAUDIO NUMES PELO ASSASSINATO DE FERNANDO, que agora só caberia o corpo de jurado condenar ou inocentar ambos pela acusação, abrindo agora uma nova linha de investigação para se chegar aos culpados.

E, assim, foi feito: as sete pessoas que compuseram o corpo de jurado tomaram a decisão de absolver NAMARA SILVA SALES, tirando-lhe o fardo da culpa que a mesma carregara injustamente por sete anos.



Entrevista Dr. Cristóvão Dr. Edivaldo Santos Dr. Luiz Braúna Dr. Pedro Teixeira

COLUNA AR-15: Violência Histórica


*Considerando o atual conflito palestino-judaico, vale a pena reeditar esse artigo que publiquei em 26/09/2012. Atualíssimo. Vejamos:

Está na Bíblia no livro de Gênesis. Abraão tinha 02 filhos, Isaac e Ismael. Sara sua esposa legítima, já idosa, achando que não conceberia mais, deu-lhe Agar, sua serva, para dormir com Abraão e dar-lhe o filho que ele tanto queria. E dessa relação nasceu Ismael. Só que os planos de Deus são inacessíveis ao conhecimento humano e Ele tinha planos para uma descendência de Abraão com Sara e logo em seguida ao nascimento de Ismael, Sara mesmo idosa engravidou e deu a luz a Isaac. Após o nascimento de Isaac, Abraão dispensa Agar, sua ex-serva, mãe de Ismael, e os manda embora; mas Deus ouvindo o pranto de Agar promete ao menino socorro e uma descendência numerosa. Da descendência de Ismael vem todo o povo árabe, inclusive os palestinos. E da descendência de Isaac é oriunda o povo judeu (ou hebreu). O tronco é o mesmo: Abraão – a quem Deus escolheu para ser pai de multidões, inclusive desses dois povos que se digladiam desde milhares de anos antes de Cristo. 

Dos árabes temos a religião islâmica ou muçulmana, a religião com maior número de adeptos no mundo, do livro sagrado Alcorão, do profeta Maomé, do deus Alá. Já do povo judeu, de Davi, Moisés, etnia de Jesus Cristo, temos a religião judaica, do livro sagrado Torá (correspondente apenas aos 05 primeiros livros do Velho Testamento da Bíblia cristã - Pentateuco), que não acredita em Cristo como filho de Deus e o Messias prometido, por isso seu livro sagrado não contempla o Novo Testamento bíblico, e acredita que o Messias ainda está por vir. 

Inicio com essa introdução toda para falar dessa violência atual que volta as atenções do mundo para uma estreita faixa de terra no Oriente Médio chamada Faixa de Gaza, que tem de população 1,7 milhão de habitantes e apenas 41 km de comprimento e de 06 a 12 km de largura, apenas. Local em que Israel, hoje estado, de poder bélico enormemente superior aos dos palestinos que lá habitam, bombardeia covarde e incessantemente a população civil e militar, ameaçando dizimar o povo daquela pequena área. 

Durante mais de 2000 anos o povo hebreu viveu disperso pelo mundo, sem terra, sem nação, apenas mantendo sua identidade cultural e religiosa, até que conquistou sua independência e o mundo através da ONU reconheceu em 1948 o Estado de Israel. De lá para cá, Israel com a ajuda das grandes nações mundiais se fortaleceu econômica e belicamente, principalmente por se contrapor ao povo árabe, economicamente poderoso pelos seus territórios ricos em petróleo, aversos por sua religião dogmática à cultura ocidental e aos países que mormente a representam, como Estados Unidos, França, Alemanha etc. 

Analisando a história de Israel, constatamos que os patriarcas Abraão, Isaac e Jacó estabeleceram o que eles chamaram de “Terra de Israel”. Em seguida a fome faz o povo judeu migrar para o Egito e lá é escravizado por centenas de anos. Moisés no século XIII a.C. lidera o êxodo do povo hebreu de volta a terra de Israel ou “Terra Prometida” e vaga pelo deserto por 40 anos. Após isso, no século XII a.C., instala-se o reino de Israel com o primeiro rei Saul, depois Davi (que unificou Israel) e em seguida Salomão. Daí em diante a história é mais longa ainda e Israel se desintegra e passa por domínios de Alexandre Magno, Romano (na época de Jesus esse era o domínio vigente), Otomano, Bizantino, Cruzados e por último por domínio britânico. Até que em 1947 a ONU propõe a criação de um estado árabe e um estado judeu. E em 14 de maio de 1948 finalmente criou-se o Estado de Israel. 

David Ben Gurion, Golda Meir, Yitzack Rabin, Shimom Peres, entre outros, foram valentes judeus que labutaram pela independência de seu povo e pela paz no Oriente Médio. Rabin, Peres e Arafat chegaram até a ser agraciados com o Nobel da Paz em 1994. Legítima luta a deles. 

Mas não podemos negar que Israel se faz de vítima de sua história de povo perseguido e exilado, somente recentemente instalado em seu território de origem, para vingar seu ódio contra seus irmãos árabes, apoiados que estão, e sabem muito bem disso, econômica e belicamente pelos poderosos do mundo, matando crianças e idosos árabes com seus mísseis de tecnologia de ponta e mira milimétrica. Sessenta milhões de dólares Israel já gastou só com mísseis nesses últimos dias bombardeando os palestinos em Gaza. O que está acontecendo na Faixa de Gaza é uma chacina, um genocídio, uma carnificina, que Israel devia se envergonhar de proporcionar até por lembrar-se de sua própria história quando foi vítima da mesma covardia cruel no holocausto ao seu povo imposto pelos nazistas na segunda guerra mundial. De toda sua história, se vitimiza para o mundo até hoje. Mas em momentos históricos como agora age como algoz impiedoso... Por todo sofrimento que o povo hebreu passou ao longo de sua existência, a lógica era de ser um povo acolhedor e tolerante e não beligerante. É... sem antissemitismo nenhum, mas com eles foi perseguição, genocídio, holocausto... no dos árabes palestinos é refresco... covardia das grandes... Assim não vale, povo eleito de Deus.
 

Allan Roberto Costa Silva, médico, ex-Vereador-Presidente da Câmara Municipal de Pedreiras, membro da Academia Pedreirense de Letras-APL e da Associação dos Poetas e Escritores de Pedreiras – APOESP.


sábado, 26 de julho de 2014

Trizidela do Vale, MA: VEJA O PERFIL DO SEU MUNICÍPIO


Caracterização do território

Área
224,01 km²
IDHM 2010
0,606
Faixa do IDHM
Médio (IDHM entre 0,6 e 0,699)
População (Censo 2010)
18953 hab.
Densidade demográfica
84,6 hab/km²
Ano de instalação
1997
Microrregião
Médio Mearim
Mesorregião
Centro Maranhense
IDHM
RendaLongevidadeEducação199120002010
IDHM
0,328
0,434
0,606
Fonte: Pnud, Ipea e FJP
Componentes
O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de Trizidela do Vale é 0,606, em 2010. O município está situado na faixa de Desenvolvimento Humano Médio (IDHM entre 0,6 e 0,699). Entre 2000 e 2010, a dimensão que mais cresceu em termos absolutos foi Educação (com crescimento de 0,263), seguida por Longevidade e por Renda. Entre 1991 e 2000, a dimensão que mais cresceu em termos absolutos foi Educação (com crescimento de 0,126), seguida por Longevidade e por Renda.
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal e seus componentes - Trizidela do Vale - MA
IDHM e componentes199120002010
IDHM Educação0,1450,2710,534
% de 18 anos ou mais com ensino fundamental completo13,0518,8436,30
% de 5 a 6 anos na escola29,2975,2297,53
% de 11 a 13 anos nos anos finais do fundamental ou com fundamental completo15,4034,3882,89
% de 15 a 17 anos com fundamental completo6,8614,9844,27
% de 18 a 20 anos com médio completo9,195,8934,59
IDHM Longevidade0,5350,6220,738
Esperança de vida ao nascer (em anos)57,0862,3169,29
IDHM Renda0,4550,4850,565
Renda per capita136,15163,22269,74
Fonte: Pnud, Ipea e FJP

veja mais no link abaixo

DE SUCUPIRA "DO NORTE": OS BENS AMADOS, LOBINHO E BRANCA TROCAM CARINHO


Roseana roda a baiana e “esculacha” Edinho Lobão

A governadora Roseana Sarney (PMDB) se irritou com o fogo amigo do seu candidato a governador, Edinho Lobão (PMDB), que afirmou, no último sábado, em Sucupira do Norte, que sentia vergonha pelas promessas não cumpridas por ela.

Em discurso no município, o playboy brasiliense também disse que quando foi presidente da Comissão de Orçamento do Senado enviou R$ 4 bilhões para o Maranhão, dos quais Roseana gastou apenas R$ 780 milhões.

Inconformada com as mentiras do aliado, reveladas em primeira mão pelo blog, a filha do oligarca José Sarney (PMDB) convocou uma reunião às pressas com Edinho, que estava em agenda na cidade de Água Doce, para tirar satisfação sobre os tais “4 bilhões” que ele diz ter enviado para o governo dela.

Fontes bem situadas no Palácio dos Leões informaram que o teor da conversa entre os dois foi nada amistoso. Descontrolada, Roseana teria batido na mesa, xingado Edinho e o chamado de “doido” e “moleque”.

A governadora também exigiu mais respeito do peemedebista e se recusou a participar de outra reunião com prefeitos para cobrar deles mais engajamento na campanha do candidato da oligarquia.

De orelha quente e cabisbaixo por causa do esporro, Edinho Lobão retornou, às 16:30h de ontem, para cumprir agenda em Tutoia.

Reveja, abaixo, o vídeo em que o filho de Edison Lobão ataca a governadora Roseana Sarney:

Do Blog Marrapá

sexta-feira, 25 de julho de 2014

FILTRO SOLAR - MA: Prender resolve a criminalidade? Juízes têm debate acalorado no Na Moral

Juízes debatem no Na Moral (Foto: Na Moral/TV Globo)



O Na Moral desta quinta, 24, reuniu a opinião de juízes sobre o tema “Justiça”. No palco, Bial levantou questões como a redução da maioridade penal e as prisões completamente lotadas do Brasil. De um lado, Douglas de Melo Martins, da Comissão Nacional de Justiça e do outro, Fabio Uchoa, da 1ª Vara de Execuções Penais do Rio de Janeiro.

Em um debate acalorado, Uchoa defendeu a opinião de que o país precisa prender mais: “O doutor Douglas acabou de mencionar que o Brasil tem 550mil pessoas presas. Mas se forem levar em consideração os números de crimes que são praticados a cada dia, mês e ano por todo o país, esse número é muito pequeno. Está faltando mais efetividade nas prisões”.



Segundo Douglas de Melo, prender não resolve os problemas da criminalidade. “Não concordo com absolutamente nada. A gente reduz tudo à prisão. Temos mais de 150mil pessoas presas no país só por tráfico. Se prender as pessoas tivesse esse efeito intimidador, não teria mais tráfico no Brasil. Se prender mais pessoas resolvesse o problema da criminalidade do Brasil o País já seria o mais seguro do mundo”.

Prisões lotadas



“A gente fala muito em impunidade, só que nunca se prendeu tanto. De políticos graúdos a ladrões pés-de-chinelo. As nossas prisões estão abarrotadas. A gente tem mais de 500mil presos espremidos em espaços que deveriam conter 300 mil”, disse Pedro Bial.

Ao ouvir o dado comentado pelo apresentador, Uchoa argumentou, levantando um novo debate: “Não sei também quais são os parâmetros que disseram que a acomodação é para 300. Quais foram os cálculos de metragem que fizeram?”.

Douglas então respondeu ao juiz e foi aplaudido pela plateia: “Esses dados são oficiais. A população paga para cada vaga dessas R$ 50 mil e a manutenção de cada preso custa R$ 3 mil por mês”, finalizou.

Douglas de Melo e Fabio Uchoa falam sobre 'Justiça' (Foto: Na Moral/TV Globo)

MOVIMENTO FALCÃO DO ASFALTO ENTRA EM AÇÃO

video

Por: Joaquim Filho

Neste domingo (27), a Associação FALCÃO DO ASFALTO estará realizando um super evento e você que é Motociclista não pode fica de fora.

Haverá um passeio saindo de Pedreiras às 9h da Praça da Sucam, rumo à cidade de Paulo Ramos.

Em Paulo Ramos seguiremos para a beira-rio onde há a festa tradicional Galo Duro na qual teremos um dia de lazer ao lado da Natureza, Rio Grajaú.

Avisamos que esse movimento já vem há anos se constituindo e, tem como propósito conquistar pessoas que amam esse esporte, mas acima de tudo, pessoas de boa índole.

Se quiser levar a sua esposa, noiva ou namorada, pode ficar à vontade, pois garantimos ser um passeio de respeito!

FLÁVIO DINO: SISTEMA APAC EM DESTAQUE


Na Moral, de Pedro Bial, destaca modelo prisional defendido por Flávio Dino

O programa Na Moral, comandado por Pedro Bial e exibido pela TV Globo, destacou em sua última edição o modelo APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados) como um das saídas para o caótico e inseguro sistema penitenciário do Brasil. Esse modelo também está previsto no Programa de Governo de Flávio Dino. 

O Na Moral abordou as violentas rebeliões de presos em Pedrinhas, no Maranhão. Ressaltou também que as prisões estão superlotadas, caras e não cumprem a função de reabilitar os presos. 

Bial destacou um número muito importante sobre a APAC. No sistema penitenciário comum, 70% dos presos voltam a cometer algum crime quando soltos. Já na APAC essa taxa é de 15%, muito menor. 

Além disso, os presos da APAC custam para a sociedade um terço do que os do sistema comum. Ou seja, o modelo é muito mais barato, muito mais eficiente e muito mais humano. 

Experiência positiva

O programa Na Moral dessa quinta-feira mostrou a experiência de uma unidade em Minas Gerais onde funciona a APAC. Os presos são tratados com dignidade, mas com rigor, como prevê a lei. Eles cumprem atividades de trabalho, estudo e reinserção das 6h às 22h. 

Paulo Antônio Carvalho, juiz da Vara de Execuções Penais de Itaúna (MG), diz que a APAC cumpre exatamente o que a lei determina. 

“Eu não sabia que tinha algo assim no Brasil. Custa um terço do sistema comum, é tão difícil assim ampliar para o resto do Brasil?”, perguntou Pedro Bial após a reportagem sobre a APAC. (Veja a reportagem neste link: http://globotv.globo.com/t/programa/v/regime-prisional-mais-humano-veja-experiencia-da-apac/3520184/)

O juiz Douglas de Melo afirmou ser “inexplicável” porque não se fazem mais cadeias com o modelo APAC no Brasil. Ele afirma que existe um interesse por parte de segmentos da sociedade em manter o sistema comum, já falido. “Ele é lucrativo para muitas pessoas”, afirma, referindo-se também a desvios de dinheiro públicos. 

O juiz explica que, nas APACs, a gestão é compartilhada entre a sociedade e o governo, o que leva a mais controle e fiscalização. 

Coligação Todos pelo Maranhão - Flávio Dino 65

Assessoria de Imprensa

quinta-feira, 24 de julho de 2014

HOJE À NOITE: JUIZ DOUGLAS MARTINS SERÁ DESTAQUE NA MÍDIA NACIONAL


O juiz Douglas de Melo Martins é coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF), do CNJ.

Convocado pelo CNJ anteriormente, Martins já coordenou Mutirões Carcerários do CNJ por todo o Brasil – Paraíba, Amazonas, Maranhão, Rio Grande do Sul e Alagoas – e integrou o grupo que elaborou o Plano de Gestão para o Funcionamento de Varas Criminais e de Execuções Penais. Antes de ser nomeado como juiz auxiliar da Presidência do CNJ, atuava como juiz da Vara de Penas e Medidas Alternativas de São Luís/MA e antes disso foi juiz na comarca de Pedreiras -MA.

Douglas tem Doutorando em Sociologia Jurídica e Instituições Políticas pela Universidade de Zaragoza (Espanha), Martins foi professor de Direito Processual Penal na Faculdade São Luís e de Execuções Penais na Escola da Magistratura do Maranhão. Também já presidiu o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos entre 2010 e 2011 neste estado.

Douglas Martins tem aparecido frequentemente na mídia nacional pelo seu elegante trabalho e hoje, 24, data de seu aniversário, o magistrado fará uma participação, em destaque, no programa "Na Moral" da Rede Globo, apresentado pelo renomado Jornalista Pedro Bial. 

Segundo Pedro Bial, "Não dá para falar de Justiça, sem falar de Polícia". O programa que também contará com a presença dos músicos da banda Titãs, terá além de Douglas, outro debatedor, o juiz Fábio Uchoa Montenegro, que defenderá seu ponto de vista. 

Em pauta os assuntos:penalidades, instituições policiais, maioridade penal, impunidade e regime prisional mais humano. O programa promete dar o que falar nesta noite de quinta.

 

Arquivo do blog